top of page

FENACT participou do lançamento do Programa Viver Sem Depender

Atualizado: 13 de dez. de 2023

Federação Nacional de Comunidades Terapêuticas reforça compromisso com a sociedade em evento de lançamento e assinatura de termos de fomento.


A presença da Federação Nacional de Comunidades Terapêuticas (FENACT) foi registrada nesta manhã, dia 07, no Palácio de Karnak, durante o lançamento do Programa Viver Sem Depender. Esta é uma iniciativa promovida pelo Governo do Estado do Piauí, sob a liderança do Governador Rafael Fonteles e da Coordenadoria de Enfrentamento às Drogas e Fomento ao Lazer (CENDFOL). A cerimônia também contemplou a assinatura de termos de fomento por parte das Organizações da Sociedade Civil (OSC), reforçando o comprometimento da FENACT com as causas sociais.

Durante o evento, foram firmados termos de fomento entre o Estado e as comunidades terapêuticas, bem como com entidades dedicadas ao trabalho preventivo. Célio Luiz Barbosa, presidente da FENACT, expressou uma avaliação positiva do programa, destacando que proporcionará condições financeiras aprimoradas para o cuidado diário das comunidades terapêuticas.



O Programa Viver Sem Depender tem como objetivo ampliar as ações de prevenção, acolhimento e reinserção social de indivíduos dependentes químicos, fortalecendo parcerias com comunidades terapêuticas e entidades correlatas. O evento contou com a participação do Coordenador Geral da CENDFOL, Tiago Vasconcelos, que ressaltou a relevância do programa na abordagem da problemática das drogas na região.



O governador do estado, Rafael Fonteles, oficialmente lançou o programa, promovendo um aumento de 30% no repasse para a recuperação de dependentes químicos, elevando de R$ 1.000 para R$ 1.300. Adicionalmente, o Viver Sem Depender amplia o número de vagas para recuperação, passando de 942 para 1.000 em 36 entidades que oferecem esse serviço. A ênfase é proporcionar um atendimento mais abrangente, incluindo profissionais de nível superior, planos terapêuticos, atividades de lazer e espiritualidade.

O governador destacou a importância da metodologia adotada, sublinhando que todas as alternativas eficazes, envolvendo organizações do terceiro setor, associadas ou não a instituições religiosas, são cruciais para enfrentar o complexo problema das drogas, desde a fase de prevenção.



Tiago Vasconcelos, coordenador da CENDFOL, salientou que o Viver Sem Depender concentrará esforços na atividade de prevenção, tornando-se o maior projeto desse tipo na história do estado. A colaboração com a Secretaria Estadual de Educação reforça a abordagem educacional na prevenção ao uso de drogas.


UNIDOS SOMOS MAIS FORTES!

11 visualizações

Nossas Redes Sociais

Facebook

Instagram

bottom of page